Encontre o que precisa buscando por aqui. Por exemplo: digite o título do filme que quer pesquisar

quinta-feira, 18 de agosto de 2011

"Um Sonho de amor" é uma homenagem ao cinema italiano dos áureos tempos

"Um Sonho de amor" é o título brasileiro do italiano Io sono l'amore, ou seja, “eu sou o amor”. De fato, o filme coloca esse sentimento como o motor do roteiro: uma força da natureza, tão poderosa quanto a da gravidade, mas sempre imprevisível como um tsunami ou um vulcão, livre da moral e também da imoralidade. A protagonista que carrega essa energia é a escocesa Tilda Swinton, no papel de uma russa casada com um dos chefes de uma tradicional família de industriais de Milão. Ela não percebe que o filho tem um lado homossexual e se apaixona logo pelo melhor amigo dele, um cozinheiro com o qual o rapaz planejava montar um restaurante. O caso de amor entre a dama e o cozinheiro se inicia quando ela experimenta uma de suas criações culinárias, mas em seguida desagua na simplicidade do sexo. A atuação de Tilda Swinton é como sempre intensa e, neste caso, extremamente sofisticada, superior até ao seu trabalho em “Conduta de Risco” (2007) que lhe rendeu um Oscar.
Aliás, a idéia de requinte e sofisticação já está inscrita na proposta central do espetáculo que é filmar do mesmo modo como Luchino Visconti faria se estivesse vivo e fosse o encarregado deste projeto. Uma proeza para o diretor Luca Guadagnino, um cineasta da nova geração que até agora tinha apresentado uma trajetória irregular, oscilando entre documentários e o sensacionalista “Melissa P”, um drama juvenil escandalosamente erótico. A verdade é que ele se sai muito bem da tarefa, ainda que, à procura da elegância de Visconti, em alguns momentos ele tenha encontrado a crueza de Rossellini, como em "Stromboli" (1950), e o sentimentalismo de Bertolucci de "La Luna" (1979). Enfim, o resultado representa um surpreendente retorno aos tempos de grandeza e glória do cinema italiano.

UM SONHO DE AMOR
Io sono l'amore
Itália, 2009, 120 min, 12 anos
estreia 19 08 2011
gênero drama / social
Distribuição Paris filmes
Direção Luca Guadagnino
Com Tilda Swinton, Flavio Parenti,
Edoardo Gabbriellini, Alba Rohrwacher
COTAÇÃO
* * * *
Ó T I M O

2 comentários:

Enaldo disse...

Está aí mais um filme que me despertou o interesse

Anônimo disse...

hehehe, a mae deve de ter pensado, meu filho nao vai virar viado não, vou catar o maluko antes, kkk mas legal o filme, mereçe um corujao ou um telecine, muito bom