Encontre o que precisa buscando por aqui. Por exemplo: digite o título do filme que quer pesquisar

sexta-feira, 15 de abril de 2011

O melhor da comédia italiana numa mostra (gratuita) de 26 filmes bem escolhidos

A partir de hoje e até o fim do mês a Caixa Cultural, exibe de graça as mais engraçadas comédias italianas de todos os tempos. São 26 filmes produzidos entre 1950 e 70 na mostra “Comédia a la Italiana”, lá na Praça da Sé 111. Quem não se lembra de ter se divertido com pelo menos uma comédia daquele período? Ou seja, feita a partir do final os anos 1950. Em 1958 a Itália começava a viver o "milagre econômico". Foi o ano de "Os eternos desconhecidos" ("I soliti ignoti"), dirigido por Mario Monicelli, considerado como o primeiro grande filme deste ciclo cinematográfico chamado de "commedia all'italiana". É um estilo fundamentado nas tradições literárias e teatrais tipicamente peninsulares, que vão de Boccaccio à commedia dell'arte. Foram selecionados filmes produzidos entre as décadas de 1950 e 1970, formando um leque diversificado de linhas estéticas e problemáticas sociais. Nessa diversidade, porém, se destacam os chamados "mestres da comédia": Mario Monicelli, Dino Risi, Pietro Germi, Ettore Scola, Lina Wertmüller e Luigi Comencini. Nesse grupo há também outros nomes menos conhecidos do público brasileiro como Alessandro Blasetti, Antonio Pietrangeli, Franco Brusati e Gian Luigi Polidoro. Tão importantes quanto os diretores, são os artistas que deram corpo e voz aos seus personagens. Os atores mais característicos − verdadeiros representantes daquele tipo de cinema foram Vittorio Gassman (abaixo), Nino Manfredi, Monica Vitti, Stefania Sandrelli, Alberto Sordi, Ugo Tognazzi, Giancarlo Giannini, Gina Lollobrigida (acima), Sophia Loren, e, claro, Marcello Mastroianni.

Um comentário:

Enaldo disse...

Os professores universitários de cinema deveriam dar algum tipo de atividade (valendo pontos) que levasse pelo menos os alunos à assistirem esta mostra.