Encontre o que precisa buscando por aqui. Por exemplo: digite o título do filme que quer pesquisar

segunda-feira, 6 de agosto de 2012

Em “Bel Ami – o sedutor”, Robert Pattinson derruba uma história de Maupassant


O fato de “Bel Ami – o sedutor” se basear no romance mais conhecido do célebre escritor Guy de Maupassant (1850–1893) não deve ser visto como garantia de qualidade. Esta coprodução ítalo-franco-britânica não passa de uma desajeitada operação de marketing para faturar com a popularidade do inglês Robert Pattinson obtida como sanguessuga na série “Crepúsculo” – ator que mostra uma única expressão de garoto malvado ao longo da história. A própria escolha desse texto que deu origem a vários filmes e seriados de TV deve ter obedecido a uma motivação oportunista, porque o personagem é uma espécie de vampiro social que sugava a vitalidade e o prestígio de mulheres da sociedade francesa no tempo da Terceira República, ou seja, na chamada belle époque
O roteiro não atribui clareza e nem credibilidade à trajetória desse sujeito sem carisma ou simpatia, que é colocado como irresistível para mulheres influentes na época e interpretadas por atrizes do calibre de Uma Thurman, Kristin Scott Thomas e Christina Ricci. No caso específico de Uma Thurman, fica evidente o constrangimento em contracenar com um ator dotado de tão parcos recursos interpretativos. Uma decodificação das sutilezas próprias do universo social francês do final do século 19 seria necessária à transposição do livro para o filme. Mas esse cuidado foi trocado pelo exibicionismo dos discutíveis atrativos masculinos do protagonista, cuja única estratégia era derrubar uma dama após outra no tabuleiro do jogo político da elite da época.
BEL AMI – O SEDUTOR
Bel ami
estreia 03 08 2012
gênero romance de época / drama
EUA/França/Itália, 2012, 103 min, 14 anos.
Distribuição Califórnia Filmes
Direção de Declan Donnellan e Nick Ormerod
Com Robert Pattinson, Uma Thurman, 
Kristin Scott Thomas, Cristina Ricci
COTAÇÃO
* *
REGULAR

4 comentários:

Rafael W. disse...

Tenho curiosidade em conferir, e nem mesmo a presença do sempre sem graça Pattinson me tira a vontade de vê-lo.

http://avozdocinefilo.blogspot.com.br/

Luciano Ramos disse...

Vale pelo texto, pela reconstituição de época... e pelas atrizes super competentes.

Enaldo disse...

È uma pena subutilizar Kristin S. Thomas

Luciano Ramos disse...

Ela é uma das grandes atrizes do momento