Encontre o que precisa buscando por aqui. Por exemplo: digite o título do filme que quer pesquisar

sexta-feira, 4 de maio de 2012

"Conspiração Americana" discute contradições enraizadas na história daquele país.

Dirigido por Robert Redford (“Leões e Cordeiros”), que em seu tempo foi o maior galã de Hollywood, “A Conspiração americana” pode ser visto como um verdadeiro docudrama. Este é um gênero de filme que, apesar de não se confundir com o documentário, deixa evidente o seu compromisso com a difusão do conhecimento histórico. Nesse sentido, a qualidade de seus exemplares é tanto maior quanto a sua capacidade de colocar em discussão temas e pontos de vista insuficientemente abordados. Neste caso, trata-se de refletir sobre a própria natureza da democracia norte-americana por meio de um fato traumático ocorrido logo após a Guerra de Secessão, que foi o assassinato do presidente Lincoln – resultado de uma conspiração de rebeldes que pretendiam desestabilizar o governo federal. Ansiosas por promover a punição exemplar dos culpados, as autoridades de segurança cometeram exageros, como incriminar a dona da pensão onde os conspiradores moravam.
Naquele contexto, se defrontavam o ministro da guerra (Kevin Kline) que queria vê-la enforcada junto com os assassinos, e um senador liberal (Tom Wilkinson) que defendia o seu legítimo direito a um julgamento. Esse tipo de conflito é, aliás, recorrente na história daquele povo – como se os princípios éticos dos fundadores da nação periodicamente se chocassem com eventuais necessidades do estado. Foi o que aconteceu, por exemplo, no tempo do macartismo e nos escândalos de Watergate e Guantánamo. Sem santificar nem demonizar qualquer desses dois lados, Redford nos apresenta esse debate político tal como se apresentava naquela fase em que as instituições do país estavam apenas se formando. Isso poderia redundar numa narrativa tediosa, não fosse a competência da direção e dos atores, com destaque para James McAvoy e Robin Wright, nos papéis do advogado e sua cliente.
A CONSPIRAÇÃO AMERICANA
The Conspirator
EUA, 2011, 122 min, 12 anos
estréia 04 05 2012
gênero docudrama / história / política
Distribuição Imagem Filmes
Direção Robert Redford
Com James McAvoy, Robin Wright, Justin Long,
Tim Wilkinson, Kevin Kline
COTAÇÃO
* * *

BOM

2 comentários:

Enaldo disse...

Não tinha ouvido falar. Muito interessante. Valeu a dica.

Tecelã disse...

Também gostei muito do filme, sua análise é bem pertinente. Infelizmente o filme ficou pouco tempo em cartaz.
Parabéns pelo blog.